By continuing to use the site you agree to our privacy and cookie policy.

I agree

ENVSN e Creaform juntas rumo ao Rio 2016!

ENVSN e Creaform juntas rumo ao Rio 2016!

A Creaform oferece serviços de engenharia 3D em todo o mundo há mais de 10 anos e conta com uma ampla experiência nos ramos de inspeção, digitalização 3D, engenharia reversa, engenharia mecânica, design e análise de elementos finitos (FEA). Projetos turnkey são conduzidos diretamente no local ou em laboratórios da Creaform.

Recentemente, a Escola Nacional de Vela e de Esportes Aquáticos francesa (ENVSN), localizada em Saint-Pierre Quiberon, solicitou as habilidades dos engenheiros do Serviço de Engenharia 3D da Creaform para efetuarem uma série de medições. A ENVSN está envolvida no projeto de desenvolvimento de um mastro para a classe olímpica Finn, como preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Na primeira etapa, foi necessária a avaliação da situação e, para tal, vários mastros foram selecionados, testados e medidos. Os testes mecânicos foram conduzidos com o intuito de estabelecer a deformação sob cargas. Também foram conduzidas medições de forma. As medições de superfície foram conduzidas com o scanner óptico CMM MetraSCAN 3D e com o sistema óptico de medição coordenada MaxSHOT 3D. Com esses dados de superfície, foram extraídas e comparadas seções de diversas alturas. Todos esses dados mecânicos e geométricos foram introduzidos ao software de cálculo estrutural e de mecânica dos fluidos de modo a otimizar a forma do mastro em uma amplitude fixa.

ENVSN e Creaform juntas rumo ao Rio 2016!Os mastros medidos apresentavam grandes proporções (quase 7 m de altura, com largura entre 3 cm e 10 cm), e a Creaform nos ajudou a conduzir uma série de medições, explica Paul Iachkine, Engenheiro Pesquisador da ENVSN. "Para atingir o nível de precisão desejado, os alvos de posicionamentos foram indicados por fotogrametria utilizando o sistema óptico de medição coordenada MaxSHOT 3D".

"Desde meados de 2012, já utilizamos o sistema CMM portátil HandyPROBE para medir entidades geométricas. Aos poucos, estamos modernizando nossos diversos acessórios de medição integrando o HandyPROBE ao processo de medição de deformações. Este sistema está acoplado ao software PolyWorks Inspector da Innovmetric. Para conduzir medições de área de superfícies, adquiridos o scanner óptico CMM 3D MetraSCA, novamente em conjunto com o software PolyWorks. Essas duas ferramentas são complementares e podem ser utilizadas ao mesmo tempo. Antes de comprarmos o HandyPROBE, utilizávamos tecnologias extremamente básicas, como moldes, medidores de profundidade e conjuntos de espaçadores e, portanto, pouquíssimos pontos de medição. Na verdade, tratava-se mais de verificações de conformidade do que de medições reais".

Há varias aplicações diferentes para os sistemas de medição da Creaform na ENVSN:

  • A medição da forma do casco ou do flutuador (para vela, kite surfing, surfe, caiaque, remo), além dos apêndices (pranchas centrais, lemes, lâminas do leme) ou cordame (mastro, retranca, verga, etc.). Criação e propagação de um banco de dados para esses equipamentos.
  • Verificação de simetria de cascos e flutuadores (para vela, kite surfing, surfe, caiaque, remo, etc.). Verificações remotas entre pontos de referência. Verificação de seções ou perfis.
  • Uso de tais processos de medição para automatizar nossos acessórios de teste mecânicos atuais (mastros, prancha central, velas, etc.).

Nos esportes de elite, e, em especial, nos esportes náuticos, é importante contar com um excelente conhecimento acerca dos equipamentos utilizados, de modo a atingir os níveis máximos de desempenho. A ENVSN utiliza testes mecânicos de seus equipamentos há vários anos, mas carecia de sistemas precisos e confiáveis para medição da geometria dos componentes de um equipamento de corrida. A Escola estava em busca de um processo que fosse simples de implementar e calibrar, além de portátil, que pudesse ser utilizado em ambientes como hangares e que permitissem a movimentação da parte em que estava sendo conduzida a medição, sem que houvesse a necessidade de recalibração do sistema (referenciamento dinâmico).

"A aquisição do sistema de digitalização 3D MetraSCAN representa um investimento significativo para a organização, além de ser um grande avanço tecnológico que proporciona novas possibilidades, em especial, no que diz respeito à digitalização 3D. Atualmente, nosso maior "cliente" é a equipe francesa olímpica de vela, mas nosso objetivo é atrair outras associações de esportes náuticos graças a essa tecnologia, além de garantir que, nos próximos anos, a ENVSN se torne uma figura obrigatória no processo de preparação olímpico para as diversas associações de esportes náuticos", explica Mr. Iachkine.

E prossegue: "uma das potências da Creaform é a abordagem dupla de suas atividades: o fornecimento de soluções de metrologia, além de serviços de engenharia 3D. Isso possibilita que façamos investimentos em equipamentos destinados para as aplicações mais comuns e para acessar as opções de aluguel de equipamentos ou serviços para aplicações mais específicas enquanto usamos as mesmas ferramentas. A grande variedade de projetos em que os engenheiros da Creaform estão envolvidos permite que possam oferecer soluções técnicas que respondem aos nossos problemas de medição específicos."

Sobre a ENVSN

A Escola Nacional de Vela e de Esportes Aquáticos Francesa (ENVSN) é um componente bem-estabelecido fundamental no desenvolvimento de esportes aquáticos, não só em termos dos esportes em si mas também em treinamento e atividades de lazer.

A organização, criada em 1965 por Maurice Herzog, Alto Comissário de Jovens e Esportes, começou suas operações em 1970. Sua missão foi treinar gerentes de jovens e esportes e treinadores de clube de vela e oferecer suporte a equipes de barcos pequenos a vela.

A criação de qualificações nacionais de instrutores de vela e desenvolvimentos em treinamento profissional deu à ENV um importante papel na determinação de métodos de ensino e no investimento no treinamento de professores de esportes. Gradualmente, as missões da escola se concentraram em especialização e desenvolvimento nos campos de esportes de elite, pesquisa, treinamento e inovação.

Em julho de 2007, com o Código Francês de Esportes, sua esfera de competências estendeu-se para criar a Escola Nacional de Vela e de Esportes Aquáticos Francesa, para oferecer suporte a profissionais em seu desejo de se adaptarem às práticas em constante mudança dos esportes aquáticos em seu ambiente esportivo, educacional e turístico.

Atualmente, o objetivo da ENVSN é ser um parceiro permanente dos esportes aquáticos.